Bitfy
Criptomoedas

Terra - LUNA

É evidente que os investidores de criptomoedas estão felizes nesta semana, com muitas altas entre os ativos o mercado vem se recuperando de um início de ano complicado.

 

Em nosso primeiro lugar do TOP 5 semanal aparece o token LUNA, que vem figurando na primeira posição há um bom tempo de nosso ranking de criptos, demonstrando uma subida consistente e apresentando um cenário de otimismo aos seus investidores.

 

O ecossistema Terra, rede nativa do LUNA, pensa que o token pode se tornar altamente deflacionário a longo prazo, devido às queimas de ativos para o suporte de UST, uma stablecoin de mesma blockchain.

 

O token que passou pela sua atualização mais significativa de mainnet há pouco tempo, nestes últimos sete dias vem chegando a quase 60% de valorização de mercado, muito acima dos 13% da semana passada.

Near Protocol - NEAR

Na segunda posição do nosso TOP 5 semanal de valorização de criptomoedas, se encontra uma blockchain de primeira camada que foi projetada para eliminar as baixas velocidades de transação, rendimento e interoperabilidade, ou seja, um ambiente ideal para D’Apps.

 

Me refiro a NEAR, que conta com uma plataforma amigável ao desenvolvedor e ao usuário com nome de contas legíveis por humanos, e que possui seu próprio mecanismo de consenso, o Doomslug.

 

Uma blockchain de conjuntos individuais de validadores que processam as transações em paralelo e em várias cadeias através da sua tecnologia Nightshade, melhorando a capacidade geral da rede, nesta semana valorizou o equivalente a 23,65%.

Fantom - FTM

Em terceiro lugar do nosso TOP 5 temos o token FTM nativo da rede Fantom, uma blockchain de primeira camada que utiliza os mecanismos de consenso scartch-built e um independente para facilitar a criação de contratos inteligentes em DAG. 

 

DAG são gráficos acíclicos que não possuem blocos, onde as suas transações são registradas uma sobre as outras e devem fazer referência às transações anteriores da rede. 

 

O FTM visa solucionar os problemas de velocidade de transação enfrentados por outras altcoins da mesma categoria, e surge como uma alternativa ao ETH com menos requinte.

 

Este token que alimenta o ecossistema Fantom, sendo aplicado para taxas de pagamentos, taxas de rede, recompensas para usuários, governança… Nesta última semana chegou a quase 23% de valorização.

Cosmos - ATOM

Na penúltima posição do nosso ranking de valorização de criptomoedas, recebemos a ilustre presença do token ATOM, nativo da rede Cosmos, uma blockchain descrita como 3.0.

 

A blockchain tem como objetivo oferecer um protocolo de PoW mais rápido e escalável, com menor custo e dano ao meio ambiente, além de obter uma estrutura modular que desmistifica a criação de DApps pelo protocolo, possuindo também a qualidade de ser uma interblockchain, facilitando a comunicação entre as redes e evitando a fragmentação do setor e, devido a isso é denominada 3.0. 

 

Os tokens são obtidos por meio de um algorítimo híbrido de PoW e PoS, e tem o papel de ajudar o protocolo original Cosmos em termos de segurança e governança da rede.

 

A criptomoeda focada na escalabilidade através de transações mais rápidas, e no desenvolvimento de software modular com base em uma infraestrutura intuitiva para o usuário, nestes sete dias passados o ativo vem tendo uma alta de 22% em sua valorização de mercado.

Bitcoin - BTC

Por fim, a principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin nesta semana chegou a ultrapassar a marca de 43K (USD) em seu preço de mercado, e vem em uma alta de 16% nos últimos sete dias. 

 

E assim que encerro este artigo, entusiasmado com a alta do setor cripto, e torcendo para que em breve a moeda oficial dos seguidores da Satoshi ultrapasse o seu antigo all-time high de 68K (USD).

Compartilhe este artigo em suas redes sociais

Mostre o que está lendo para seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Leia também...

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro do mundo cripto