Bitfy
Criptomoedas

UNUS SED LEO - LEO

Começamos este artigo com péssimas notícias para os investidores de criptomoedas, apresentando um cenário apocalíptico, onde todos os ativos do nosso TOP 5 semanal estão desvalorizando, até algumas stablecoins estão perdendo seu valor e caindo em descrédito.

 

E com essa introdução é que iniciamos nosso ranking, tendo na primeira posição, como a moeda que menos desvalorizou na semana, o UNUS SED LEO, um utility token nativo do ecossistema iFinex.

 

A moeda LEO permite que usuários da Bitfinex (uma bolsa de criptomoedas de propriedade e operada pela iFinex) economizem dinheiro em taxa de negociação, dando extensão do desconto de acordo com a quantidade de criptos que os usuários possuem.

 

Nesta última semana, a moeda desvalorizou cerca de 3%, figurando entre as 20 principais criptomoedas de acordo com a capitalização de mercado.

TRON - TRX

Na segunda posição aparece o TRX, token nativo da rede TRON, um dos sistemas operacionais baseados em blockchain mais populares para construir DApps.

 

O objetivo da rede é garantir que a tecnologia seja adequada para o uso diário, por exemplo, enquanto o Bitcoin pode lidar com até seis transações por segundo, o TRON afirma que em sua rede existe capacidade para 2.000 transações por segundo.

 

Este projeto foi descrito como uma plataforma DeFi focada em compartilhamento de conteúdo e entretenimento, buscando eliminar as plataformas centralizadas, como serviços de streaming e lojas de aplicativos.

 

TRON visa que criadores não acabem perdendo tanta comissão para seus intermediários, e assim, também pode tornar o conteúdo mais barato para os seus consumidores, nesta semana desvalorizou o equivalente a 8%.

Bitcoin - BTC

Em terceiro lugar, aparece a principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin, que não passa por uma boa situação no cenário de valorização.

 

Posteriormente a saída dos investidores da TerraUSD, a LFG – Luna Foundation Guard, responsável pelo ecossistema do Terra, a empresa precisou vender mais de 42 K de BTC que tinha sob reserva de emergência, gerando pressão sobre o ativo que segue no vermelho desde então, apresentando uma desvalorização de aproximadamente 25% nestes últimos sete dias.

Wrapped Bitcoin - WBTC

Na penúltima posição, temos a Wrapped Bitcoin, um versão tokenizada ERC-20 do Bitcoin, ou seja, possui padrão básico de compatibilidade com a blockchain da Ethereum.

 

O WBTC é apoiado pelo BTC na proporção de 1 por 1, garantindo que o preço do ativo esteja sempre atrelado ao do Bitcoin, e permitindo que os usuários transfiram liquidez entre BTC e ETH de maneira totalmente autônoma e descentralizada.

 

Ativo anunciado pela primeira vez na data de 26 de outubro de 2018, e sendo lançado apenas no fim do mês de janeiro do ano seguinte, nesta última semana desvalorizou em 25,55%.

Ethereum - ETH

Por fim, a moeda que mais desvalorizou no nosso TOP 5 semanal de criptomoedas, temos a Ethereum, o principal sistema operacional de aplicativos descentralizados do mercado.

 

A ETH teve seu primeiro white paper lançado em 2013, criado por Vitalik Buterin, exibindo uma rede blockchain robusta de código aberto que apresenta sua própria criptomoeda, o Ether.

 

A Ethereum funciona como uma plataforma  para inúmeras outras criptomoedas, bem como para a execução de contratos inteligentes descentralizados, como dito anteriormente.

 

Ela vem desvalorizando cerca de 28% nesta semana, mas não faça pouco caso desta cripto, quando menos se espera ela pode alçar voos maiores do que se pode imaginar.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais

Mostre o que está lendo para seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leia também...

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro do mundo cripto

Sua presença está confirmada!

Você preencheu corretamente o formulário, nos vemos dia 29/09 no Cocktail de Lançamento do BAAS – Blockchain as a Service.