Bitfy
Criptomoedas

Cosmos - ATOM

Começamos o nosso TOP 5 semanal de criptomoedas com um ativo que não havia obtido uma valorização expressiva desde o começo deste ano, e neste momento, ocupa a primeira posição do nosso pódio.

 

Se trata da Cosmos, uma blockchain descrita como 3.0, que tem como objetivo oferecer um protocolo de PoW mais rápido, escalável, com menor custo e danos ao meio ambiente.

 

A rede obtém uma estrutura modular que desmistifica a criação de D’Apps, possuindo também a qualidade de ser uma interblockchain, o que facilita a comunicação entre redes, evitando a fragmentação do setor. 

 

Seu token nativo ATOM, é obtido por meio de um algoritmo híbrido de PoW e PoS, e tem como papel o de ajudar o protocolo original Cosmos em termos de segurança e governança de rede.

 

A criptomoeda focada em escalabilidade através de transações mais rápidas e, no desenvolvimento de software modular com base em uma infraestrutura intuitiva para seus usuários, nesta última semana que passamos, valorizou em cerca de 24%.

The Sandbox - SAND

Na segunda colocação do nosso ranking de criptoativos, temos novamente The Sandbox, que se posiciona como um metaverso ao introduzir a tecnologia blockchain no mundo dos games.

 

A plataforma disponibiliza aos gamers, combinando a organizações autônomas descentralizadas e NFTs, uma plataforma próspera para todo o ecossistema de criação de avatares, construção de lojas, compra de terrenos, exposições de marca, entre outras atividades.

 

Desenvolvido no modelo criativo play to earn, o projeto introduz o SAND, um utility token que visa facilitar as transações dentro da plataforma, The Sandbox promove a governança descentralizada, permitindo que os usuários compartilhem suas opiniões e ideias sobre o desenvolvimento do projeto.

 

Nestes últimos sete dias, o metaverso The Sandbox obteve uma alta de 22% em sua valorização, e vem apresentando uma subida estável, sendo retratada por diversas vezes em nosso TOP 5 semanal de criptomoedas.

THORChain - RUNE

Na terceira posição temos um protocolo de liquidez DeFi, o THORChain, que permite aos seus usuários trocarem de maneira simples as suas criptomoedas entre uma vasta gama de blockchains sem que percam a custódia total de seus ativos no processo.

 

Funciona da seguinte maneira, os usuários podem realizar a troca de um ativo por outro sem depender de livros de pedidos para obter liquidez, devido ao fato dos preços do mercado serem mantidos através da proporção de ativos dentro de um pool de liquidez. 

 

A plataforma possui um utility token nativo, o RUNE, utilizado como a moeda base no ecossistema THORChain, além de ser usado também para a governança e segurança da plataforma como parte dos mecanismos de resistência, sabendo que os nodes da THORChain devem comprometer um mínimo de 1 milhão de 300k RUNE para participar de seu processo de consenso rotativo.

 

Nesta última semana, o ativo que aparece na terceira posição do nosso TOP 5 semanal de criptomoedas, vem obtendo uma alta em sua valorização de equivalentes 15%.

eCash - XEC

Em penúltimo lugar, recebemos uma criptomoeda eCash que recentemente vem figurando bastante em nosso ranking semanal, uma versão renomeada do Bitcoin Cash ABS – BCHA, o eCash.

 

O ativo digital passou há pouco por um rebranded, especificamente na data de 1º de julho de 2021 e, desde então, vem tentando se distinguir de seu projeto antecessor.

 

As unidades básicas do eCash são chamadas de “bits” e elas substituem as pesadas antigas casas decimais do Bitcoin Cash ABC, e portanto, ao invés de agora enviar o valor de 0,00001000 BTC em uma transação peer-to-peer, o usuário envia 10 bits com o novo formato projetado do eCash.

 

A criptomoeda integra um mecanismo de consenso de PoS, e possui uma camada chamada de “Avalanche”, que não possui qualquer relação com a blockchain Avalanche – AVAX, tendo apenas o seu nome igual.

 

A criptomoeda é um fork do Bitcoin e se autodenomina um ativo digital projetado para ser usado como dinheiro eletrônico, um meio de transação utilizado para pagar bens e serviços, e nestes últimos sete dias, o ativo obteve uma alta de 14% em sua valorização.

Bitcoin - BTC

Agora, encerrando o nosso TOP 5 semanal de criptomoedas, a última, e definitivamente não menos importante, temos a principal moeda do cenário de ativos digitais, o Bitcoin.

 

Nesta semana, a moeda obteve uma alta singela de 0,50%, e vem se recuperando de um declínio que perdurou durante meses, mas que neste momento, ainda não parece exibir uma retomada na valorização por conta de subidas e descidas instáveis.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais

Mostre o que está lendo para seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leia também...

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro do mundo cripto

Sua presença está confirmada!

Você preencheu corretamente o formulário, nos vemos dia 29/09 no Cocktail de Lançamento do BAAS – Blockchain as a Service.