Bitfy
Criptomoedas

Ethereum Classic - ETC

Começamos mais uma semana com notícias não muito animadoras para os investidores e entusiastas do setor de criptomoedas. 

 

O mercado que apresentava sinais de recuperação, neste momento obtém números de valorização pouco atraentes para uma semana.

 

Mas mesmo neste cenário de incertezas quanto a altas e baixas, a volatilidade está a favor de algumas moedas, então, sem mais me estender, vamos a elas.

 

A criptomoeda que ocupa a primeira posição do nosso TOP 5 semanal é a Ethereum Classic, ETC, que já vem ocupando o pódio do nosso ranking desde a semana passada.

 

Um bom sinal para o hard fork da notória blockchain Ethereum!

 

Ethereum Classic foi lançada em julho de 2016, e assim como sua rede nativa, tem como sua principal função executar smart contracts, com a capacidade de hospedar e suportar aplicativos descentralizados.

 

Ela possui um token nativo, denominado ETC, que é livremente negociável em um grande número de corretoras.

 

Nestes últimos sete dias a moeda não vem tendo grande valorização comparada a semana anterior de 82%, mas obteve uma alta de 11%, o que dá a criptomoeda o lugar mais alto do nosso pódio.

EOS - EOS

Na segunda posição, temos outra criptomoeda estreante, a EOS, uma plataforma projetada para permitir que os desenvolvedores criem aplicativos descentralizados, também conhecidos como D’Apps.

 

O objetivo do projeto é tornar o mais simples possível a adoção da tecnologia blockchain para os programadores, e garantir que a usabilidade de rede seja mais fácil que outras do mercado.

 

Blockchain lançada na data de junho de 2018, tem como outras prioridades oferecer maiores níveis de escalabilidade do que outras redes, algumas das quais só podem lidar com menos de uma dúzia de transações por segundo.

 

Nestes últimos sete dias a estreante em nosso TOP semanal obteve uma valorização de 4%, e parece operar em ritmo de alta.

OKB - OKB

Em terceiro lugar, com uma valorização menos significativa, mas também estreando em nosso TOP 5 semanal de criptoativos, temos a OKB.

 

Lançada pela OK Blockchain Foundation e pela exchange de criptomoedas e derivativos maltesa, recém nomeada OKX, a antiga OKEx, plataforma de negociação.

 

A corretora é uma das maiores do mundo e, atualmente ocupa o terceiro lugar em liquidez, quarto em volume de negociação e oferece uma ampla seleção de pares de negociação, de acordo com a análise de mercado do CoinMarketCap. 

 

A OKEx é bem parecida em muitos aspectos com a corretora de criptomoedas Binance, mas existem algumas diferenças importantes, como a OKX ter seu próprio serviço de mineração em nuvem, e ter como foco, disponibilizar mais opções de negociação para os seus usuários. 

 

Por outro lado, a Binance tem como objetivo se esforçar para proporcionar aos seus clientes uma ampla gama de serviços de criptografia ao redor do mundo.

 

A criptomoeda possui um utility token, o OKB, que permite aos seus usuários acessarem mais recursos de criptomoeda da exchang, também sendo utilizada para calcular e pagar taxas de negociação, conceder aos usuários acesso à votação e governança e, recompensar os usuários por possuir o token.

 

Nesta última semana, o criptoativo valorizou o equivalente a 3%, uma singela alta, que o leva a terceira colocação do nosso TOP 5 semanal.

Monero - XMR

Na penúltima posição, temos o Monero, um ativo bem controverso para o mercado e investidores, que apresenta como principal característica, permitir que todas as transações realizadas ocorram de maneira totalmente privada e anônima.

 

Teoricamente, o XMR procura fornecer proteção para todos os seus usuários, independente de quão tecnologicamente competentes eles sejam, entretanto, só de imaginar o fato da anonimização, a prática é diferente.

 

O projeto visa alcançar o maior nível de descentralização possível, e por padrão, os detalhes da transação sobre remetentes, destinatários e a quantidade de criptomoedas transferidas são completamente obscurecidas, o que levou o XMR a ser utilizado cada vez mais para transações ilícitas.

 

Neste momento, o ativo de código praticamente indecifrável, obteve uma valorização de 2% em alta na capitalização de mercado.

Bitcoin - BTC

Encerrando o nosso TOP 5 semanal de criptomoedas, temos a triste missão de apresentar a grande desvalorização que se encontra o Bitcoin, a principal moeda do mercado.

 

Nesta última semana, a criptomoeda obteve uma queda de exatos 10%, mas tudo pode mudar nos próximos dias, ou quem sabe meses, vamos acompanhar a evolução deste cenário de incertezas e bastante volatilidade, quem sabe o sol brilha novamente.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais

Mostre o que está lendo para seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leia também...

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro do mundo cripto

Sua presença está confirmada!

Você preencheu corretamente o formulário, nos vemos dia 29/09 no Cocktail de Lançamento do BAAS – Blockchain as a Service.